EDU PIANO(TATUÍ), GARANTE SEXTO LUGAR NA ETAPA DE BRASÍLIA

Edu Piano(Tatuí), garante sexto lugar na etapa de Brasília

Fórmula Truck: Edu Piano(Tatuí), garante sexto lugar na etapa de Brasília 

Queima de radar tira chance de pódio do piloto da Território Motorsport no Autódromo Nelson Piquet, mas Piano encerra temporada com dever cumprido 

O Grande Prêmio Petrobras, última etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, disputado neste domingo, 8, em Brasília (DF), foi marcado por fortes emoções e muita adrenalina. O calor excessivo exigiu resistência dos equipamentos e a alta competitividade tomou conta de toda a corrida, que dirá o piloto Edu Piano (Tatuí), da Equipe Território Motorport, que fechou em sexto lugar, em meio a 25 caminhões do grid. Não fosse a queima de um radar, o hexacampeão dos ralis, teria garantido seu primeiro pódio nas pistas, pois havia chegado à quinta posição nos minutos finais da final da corrida.

"Foi uma pena, acabei queimando um radar quando havia chegado à quinta posição e fui obrigado a passar pelos boxes e voltei em nono. Daí fiz algumas ultrapassagens e terminei em sexto, por pouco não pego pódio", explica Piano, referindo-se ao radar que limita a velocidade dos caminhões a 160km/h e quando o piloto ultrapassa esta marca, precisa passar pelos boxes.

O palco da décima etapa da temporada foi o Autódromo Internacional Nelson Piquet, onde os pilotos deram 31 voltas no circuito de 2.919 metros, em meio a algumas relargadas. Os caminhões mais resistentes levaram vantagem. Tanto que o Ford Cargo de Piano, que foi desenvolvido ao longo do ano, mostrou seu potencial. "Tínhamos caminhão para mais meia hora de corrida. O motor Cummins trabalhou muito bem a mais de 120 graus e a turbina também teve um ótimo desempenho que impressionaram", ressalta Piano.

Piano ainda explica, que devido a problemas que tiveram com o caminhão, no sábado (7) ele não pode realizar o terceiro e quarto treinos e isto também prejudicou seu desempenho nesta final. "Como não conhecida a pista, a falta de treino também fez diferença. Mas foi uma corrida muito boa e no geral a minha primeira temporada na Fórmula Truck foi um desafio maior que resolvi enfrentar após 20 anos no off-road e terminou dentro das expectativas", completa o piloto, que em agosto conquistou o seu sexto título no Rally dos Sertões e é o atual campeão dos caminhões e recordista de títulos na categoria, neste que é o segundo maior rali do mundo.

O chefe da equipe Marcos Berti avalia a temporada de estreia do piloto como muito produtiva. "Só tenho uma palavra a dizer: superação. Edu foi um guerreiro e muito corajoso no desafio que se propôs a enfrentar. Pilotou um caminhão totalmente diferente do que está acostumado a competir nos ralis e, mesmo com falta de patrocínio, completou a maioria das etapas com garra. Foi um ano de aprendizado para toda a equipe, onde trabalhamos duro no desenvolvimento do caminhão", ressalta. O campeão da temporada 2013 foi o pernambucano Beto Monteiro. 

A Equipe Território Motorsport, com sede em Tatuí (SP), tem como empresas parceiras: Ford Caminhões, Garrett, Cummins, Gafor, ASA Alumínio, Cerâmica Strufaldi, Eaton, Truckvan, Eco Pads, Knorr-Bremse, Frum, Meritor, Mastra, 

Resultado Etapa Brasília - Fórmula Truck (8/12)

1º) 2 - Valmir Benavides (I, SP), 31 voltas em 1:00:10.726 
2º) 15 - Roberval Andrade (S , SP), a 5.654
3º) 72 - Djalma Fogaça (F , SP), a 10.075
4º) 88 - Beto Monteiro (I , PE), a 13.064
5º) 20 - Pedro Muffato (S , PR), a 19.284
6º) 44 - Edu Piano (F , SP), a 20.613
7º) 0 - Alberto Cattucci (V , SP), a 26.395
8º) 10 - Ronaldo Kastropil (S , SP), a 1 volta
9º) 73 - Leandro Totti (W , PR), a 2 voltas
10º) 14 - João Maistro (V , PR), a 2 voltas
11º) 3 - Geraldo Piquet (M , DF), a 10 voltas
12º) 8 - Adalberto Jardim (W , SP), a 10 voltas
13º) 6 - Wellington Cirino (M , PR), a 12 voltas
14º) 4 - Felipe Giaffone (W , SP), a 15 voltas
15º) 99 - Luiz Lopes (I , SP), a 15 voltas
16º) 12 - Zé Maria Reis (S , GO), a 18 voltas
17º) 83 - Regis Boessio (M , RS), a 19 voltas
18º) 7 - Debora Rodrigues (W , SP), a 19 voltas
19º) 21 - Alex Caffi (I , IT), a 22 voltas
20º) 51 - Leandro Reis (S , GO), a 27 voltas
21º) 80 - Diogo Pachenki (M , PR), a 28 voltas
22º) 71 - Raijan Mascarello (F , MT), a 28 voltas
23º) 11 - Jansen Bueno (V , PR), a 28 voltas
24º) 77 - André Marques (W , SP), a 28 voltas
25º) 55 - Paulo Salustiano (M , SP), a 29 voltas